quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Viajando na maionese

Há uns quatro ou cinco anos minha tia Edda me deu a receita de uma maionese à base de leite, sem ovo. De cara tentei fazer mas não deu certo. Deixei pra lá. Até que numa das minhas idas à casa dela fui cumprimentá-la na cozinha onde preparava o tal molho. Fiquei conversando e prestando atenção, e ela dizia que o leite deveria estar super gelado para a receita dar certo (com as bordas do copo cristalizadas pelo gelo). Pronto! Foi aí que errei...
Na primeira ocasião fui preparar o molho, deu certo e ainda acrscentei outros ingredientes que o deixaram ainda mais gostoso.
Essa maionese entrou na minha lista de receitas para ensinar nas minhas aulas, mas procuro não usar a palavra "maionese", que entrou no grupo de comidas rejeitadas pela sociedade atual. Uso a palavra "molho".
Enfim, resolvi passar a receita pois ela é um coringa que pode ser usado em sanduiches, saladas com folhas, saladas com massa etc.
Eu adoro preparar e acrscentar pedacinhos de gorgonzola e bastantes folhas de salsa. Fica muito bom! Uso essa opção na minha saladinha de penne com atum e tomate cereja!

MAIONESE SEM OVO

Coloque um copo (tipo requeijão) com leite integral no congelador. Deixe até que as bordas cristalizem, mas não deixe que o leite congele.
Enquanto isso, separe o liquidificador, óleo de milho, azeite, sal, pimenta.
Coloque o leite no liquidificadore ligue na velocidade baixa. Vá colocando óleo, caindo em fio sem parar. Não se desespere queno momento ceerto ele vai começar a encorpar. Nesse momento troque o óleo pelo azeite. Sempre batendo, o molho ficará mais encorpado mas ainda ficará cremoso. Junte os pedaços de gorgonzola, a salsa e tempere. Bata bem.
Está pronta a maionese que você pode misturar com penne cozido "al dente", atum, tomates cerejas cortados ao meio e azeitonas pretas sem caoço.

Bom Apetite!

Nenhum comentário:

Postar um comentário