quinta-feira, 25 de agosto de 2011

FEIJÃO !


Em todos os lugares que vou dar aula, principalmente para as cozinheiras domésticas, sempre pergunto qual a receita do feijão que ela faz. Eu sempre me intriguei com isso, pis em cada lugar que como tem um sabor específico.
Na minha casa sempre teve feijão na mesa mas nunca fui fã do mulatinho. Comia porque tinha que comer. E olha que eu não tenho frescura com comida, pelo contrário, adoro comida caseira o que vai contra a idéia de muita gente. Aliás, para ser sincera de verdade, AMO junk food. Mas o tal do feijão, até hoje me encanta com seus vários tipos de preparo.
Bom, da maioria das receitas nordestinas, todas levam cebola, alho e charque. Outras acrescentam extrato de tomate, coentro, cebolinho. E a forma como se introduz os ingredientes também varia. Vi receita que se refogava o feijão cru com cebola e alho, ou cozinhar o feijáo e colocar os temperos batidos no liquidificador, ou mesmo sem bate-los. Colocar os temperos crus ou refogados também é uma variante. Enfim, os ingredientes variam muito pouco, mas a forma de acrescentá-los é que muda.
E a grande pergunta, e dificuldade, é como acertar o ponto para ficar com o caldo grosso e os grãos na medida certa... Acho que vou pedir para um dos meus professores desvendarem isso e definir em medidas e técnicas como fazer o feijão perfeito. Mas uma coisa é certa: nossa mãe sempre será a dona da receita perfeita.

Nenhum comentário:

Postar um comentário